Piattaforma C-Evo!

|

Olá muito boa noite!

Bem vindos mais uma vez ao nosso encontro semanal no Blog “Carroceiros” de Plantão para falarmos sobre carrocerias automotivas.

Hoje aqui no Blog “Carroceiros” de Plantão, continuamos falando de Plataformas.
Com a estréia no ultimo Salão do Automóvel em Genebra no ultimo mês, o Alfa Juliet abriu o ciclo de vida para a nova plataforma "Compact" do Grupo Fiat até agora, conhecido como C-Evo.







O Grupo gastou cerca de 100 milhões de euros para remodelar a plataforma C, usado anteriormente para o Fiat Stilo, Fiat Bravo e Lancia Delta,

Em relação á sua antecessora, a plataforma C-Evo, tem uma maior distância entre eixos, saliências curtas, um novo tipo avançado de suspensão dianteira McPherson, suspensão traseira multilink e promete rigidez torcional e resistência que visa alcançar cinco estrelas no teste Euro NCAP.


Apesar de boa parte da nova estrutura ser feita em aço, há ainda a aplicação de materiais mais leves: alumínio extrudado nas suspensões, um material termoplástico chamado Xenoy nos pára-choques dianteiro e traseiro, tornando a estrutura mais leve e mais sucetível á substituição no caso de uma colisão em baixa velocidade.

Com estas soluções foram salvos 8,5 kg 4 kg na dianteira e traseira de estruturas de aço tradicional.

Alguns componentes menores da estrutura foram redesenhados e o seu material substituído por uma liga de magnésio, para reduziro peso.

Ao todo conseguiu-se um diferencial da ordem de 50 á 60 kg!


Outra vantagem que esta plataforma apresenta, é que utiliza tecnologia Spaceframe, o que permite que a sua distância entre eixos possa ser facilmente adaptada para atender às especificações vários outros modelos.

Por exemplo, no segmento de compacto, este chassi será usado para a substituição do Dodge Caliber, que será lançado em 2012. No segmento mid-size, as substituições para o Dodge Avenger e Chrysler Sebring sairá utilizando o chassis C-Evo, mas com uma maior distância entre eixos, este chassis de tamanho médio é chamado de D-Evo, será lançado em 2013.

Um plus acrescentado ao C-Evo é que o mesmo abre um novo mercado para a Chrysler nos segmentos de mercado compacto e médio porte.


Feliz 2010! Vamos mudar!

Uma boa semana á todos e não deixem de curtir á vida ao lado daqueles que lhes fazem bem.

Um abraço!

O Especialista

carroceria.2008@gmail.com

Alguma sugestão ou crítica? Mande um E-mail para O Especialista. Está gostando das postagens? Então divulgue o Blog "Carroceiros" de Plantão para os seus amigos! O Especialista está também no Twitter.






V!

|


Olá muito boa noite!

Bem vindos mais uma vez ao nosso encontro semanal no Blog “Carroceiros” de Plantão para falarmos sobre carrocerias automotivas.

Hoje aqui no Blog “Carroceiros” de Plantão, falaremos sobre a nova plataforma desenvolvida pela Nissan.

Quando uma montadora decide por desenvolver uma nova plataforma, é preciso que esta tenha consciência do quão importante é esta tarefa. O desenvolvimento de uma nova Plataforma, não implica em apenas desenvolver um amontoado de peças de metal, fixadas entre si com pontos de solda, cordões e cola.

Num ambiente cada vez mais competitivo, implica em produzir novos conceitos inovadores, definir objetivos audaciosos como redução de custos de produção sem comprometer a imagem do produto.

E foi isso que a Nissan conseguiu: desenvolver a nova Plataforma V com uma abordagem totalmente diferente que permitirá gerar economias de escala realmente interessantes e otimizar as suas operações automotivas no mundo.

A nova Plataforma V será utilizada inicialmente para a quarta geração do Nissan Micra mas a própria montadora já avisa que outros veículos como sedãs, multivans e minivans também compartilharão desta nova plataforma.

O novo Micra será consideravelmente mais leve que seu antecessor, na ordem de 35 á 40 kg mas se engana quem pensar que nessa nova plataforma foram agregadas peças em alumínio, manganês e fibra de carbono.

Ao invés de agregar novas peças, a engenharia repensou o conceito de alguns de seus componentes e materiais, assim foi possível obter uma redução substancial do número de componentes e ainda aumentar a rigidez de carroceria.

A aerodinâmica do Micra de quarta geração também foi significativamente melhorada desse modo aliado ao novo motor de três cilindros que promete proporcionar menos atrito e bom torque em rotações muito baixas, ele deverá oferecer boa agilidade urbana com baixo consumo de combustível.

A Plataforma terá um peso máximo de 1.600 kg, o conjunto de suspensão contará com menos componentes, o sistema de escape foi otimizado e o tanque de combustível pesará 18,8% a menos que os atuais.

Os engenheiros da Nissan, incorporaram á plataforma um fator importante que contribui para a segurança do carro a melhoria do impacto. O carro foi projetado para absorver as forças de uma colisão frontal, graças às zonas de deformação sofisticados, mantendo a integridade do cockpit, devido à sua carroçaria reforçada.

Na Europa, o Micra vai ser equipado com ABS, airbag duplo frontal, airbags laterais e de cortina, Programa Electrónico de Estabilidade (ESP) e cintos de segurança pré-tensionador como equipamento standar.

A Nissan terá base de produção do novo Micra em fábricas no exterior, como a Tailândia, Índia, México e China.

Feliz 2010! Vamos mudar!

Uma boa semana á todos e não deixem de curtir á vida ao lado daqueles que lhes fazem bem.




Um abraço!

O Especialista

carroceria.2008@gmail.com

Alguma sugestão ou crítica? Mande um E-mail para O Especialista. Está gostando das postagens? Então divulgue o Blog "Carroceiros" de Plantão para os seus amigos!
O Especialista está também no Twitter.

 

©2009 CARROCEIROS DE PLANTÃO | Template Blue by TNB