KW20 - O Ponto H

|

Olá. Antes de mais nada O Especilaista precisa pedir desculpas para áqueles que acessaram o Blog no fim de semana e tiveram a triste surpresa de verificar que nada de novo havia sido postado.

Verdade seja dita, O Especialista estava rachando a mufa para ver se entendia um pouco mais de Delphi/Pascal mas ao mesmo tempo estava sofrendo de indecisão aguda, pois não sabia qual assunto abordar.

Mas a Indecisão passou e nesta semana vamos abordar o assunto Ponto H.

No projeto de veículos automotores, o Ponto H é a posição vertical relativa do quadril do ocupante, especificamente o ponto de pivô entre o torso e as parcelas superiores do pé do corpo, relativo ao assoalho do veículo e pertinente ao conforto do assento, à visibilidade do veículo no tráfego e aos outros fatores de projeto.
O Ponto H tem influência bastante significativa no projeto total de um veículo, determinando a altura do teto, a aerodinâmica do veículo, a visibilidade, o conforto, facilidade da entrada e a saída, acomodação dos ocupantes em seu interior, segurança dos mesmos e na determinaçã da limitação da carroceria e desempenho desta quando numa colisão.
Já houve uma tendência global para que Pontos H com maior elevação fossem adotados nos novos projetos de veículos. Isso se confirma se levarmos em conta a onda de Vans e mini vans que foram lançadas no inicio do ano 2000 no Brasil e um pouco antes nos outros mercados.

Os veículos classificados como SUV (Sport Utility Vehicle), CUV (crossover utility vehicle), e as vans e mini vans em geral apresentam o Ponto H mais elevado do que os veículos três volumes ou seja Sedans.
Os carros ditos esportivos com formas aerodinâmicas mais conceituadas, podem empregam um Ponto mais baixo.
Há casos em que num mesmo automóvel o Ponto H aumenta progressivamente sendo que os assentos mais elevados são dispostos em fileira formando o chamado assento do teatro, como no EDAG Cinema

A ergonomia interior do veículo é fundamental no desenvolvimento do projeto deste. A SAE adotou como padrão algumas medidas para o projeto de veículos, incluindo modelos estatísticos para a posição do olho do ocupante e a posição de predição do assento assim como um Manequim–Padrão para determinar o ponto H ( SAE J286) para assentos e a geometria interior do pacote. Os modelos da postura-predição do ocupante são usados em simulações de computador e dão forma à base para o posicionamento mesmo.


No caso do Brasil a NBR 6055 dita as regras para determinação do Ponto H.
Para saber mais sobre o Ponto H pesquise no Google com a palavra chave SAE J286.

Alguma sugestão ou crítica? Mande um Email para O Especialista.
Está gostando das postagens? Então divulgue o "Carroceiros" de Plantão para os seus amigos!

 

©2009 CARROCEIROS DE PLANTÃO | Template Blue by TNB