Quero ser um “carroceiro”

|


Olá muito boa noite. Obrigado mais uma vez por visitarem o Blog “Carroceiros” de Plantão para falarmos sobre carrocerias automotivas.
Hoje respondo á um e-mail de um leitor de 13 anos do estado do Alagoas que nos escreve perguntando o que deve fazer para se formar um “carroceiro”.
Ele nos conta que desde “pequeno”zq56aé aficionado por carros, que inclusive tem uma coleção de carros em escala de diversas montadoras. Seu pai é funileiro numa oficina de reparos e faz alguns bicos no quintal de casa nos fins de semana.
Ele até reformou um Chevette que, segundo nosso leitor, estava muito danificado pela corrosão.
O jovem conta que o interesse pela profissão surgiu, de tanto auxiliar o seu pai nos trabalhos na oficina de sua casa.

Minha resposta:

Primeiro, meus parabéns por essa sua preocupação em querer ajudar ao seu pai nos “bicos de final de semana”. Isso demonstra o quanto você ainda jovem é responsável e tem disposição em aprender coisas novas e ajudar aos outros. Continue assim.
O termo “carroceiro” foi criado numa roda de amigos, para diferenciar aqueles que trabalhavam com peças estampadas e soldadas dos outros engenheiros que trabalhavam com outras partes do carro, mas depois acabei descobrindo que algumas gerações antes de mim também utilizavam este termo, mas o correto seria Engenheiro de Carroceria Automotiva.
Não existe propriamente um curso de Engenharia de Carrocerias Automotivas mas sim o curso de Engenharia Automotiva.

Basicamente no curso de Engenharia Automotiva são abordados os seguintes topicos:

- Projeto e arquitetura de veículos
- Tópicos da engenharia automotiva
- Carroceria e chassis de veículos
- Conforto veicular
- Fundamentos da dinâmica veicular
- Gerenciamento de investimentos e custos na produção de veículos
- Gestão automotiva: operações, engenharia e manufatura
- Motores de combustão interna
- Sistemas elétricos e eletrônicos de automóveis
- Gestão de processos e análises de confiabilidade
- Engenharia e análise do valor

Embora exista o curso de Engenharia Automotiva, nem todos os engenheiros que atuam no mercado são engenheiros automotivos, alguns são engenheiros mecânicos, de produção, outros mecatrônicos que por afinidade ou necessidade acabaram por se adaptarem e trabalham no desenvolvimento do produto.
Particularmente, acredito que 13 anos é ainda um pouco cedo para se decidir qual profissão seguir, essa ainda é uma fase de se recolher informações para dois ou três anos mais tarde tomar a decisão.

Minha sugestão: As escolas SENAI, oferecem cursos de Desenho Mecânico ou Leitura e interpretação que ao meu ver é um bom ponto inicial e vai te dizer se você tem aptidão para a “coisa”. Após o curso, se você achou que gostou, você pode fazer um outro complementar de algum software gráfico, do tipo AutoCad, Catia ou Unigraphics.
Esses dois últimos são os mais utilizados pelas montadoras.
Daí para adiante, você mesmo vai saber o caminho á trilhar, pode fazer um curso técnico junto com o colegial ou depois do colegial ingressar na faculdade.
Parabéns pela iniciativa em escrever para o blog, normalmente garotos de sua idade estão preocupados em ouvir um pancadão, pegar as menininhas ou chegar ao final do ultimo joguinho da moda.
Tenho certeza que seu pai sente muito orgulho de você esentirá mais quando lhe ver recebendo o canudo da faculdade.

Aproveitem bem o seu fim de semana com aqueles que lhe fazem Bem!


O Especialista
carroceria.2008@gmail.com

Alguma sugestão ou crítica? Mande um E-mail para O Especialista. Está gostando das postagens? Então divulgue o Blog "Carroceiros" de Plantão para os seus amigos!


O Especialista está também no Twitter.

 

©2009 CARROCEIROS DE PLANTÃO | Template Blue by TNB