Vidros Automotivos

|

...
Olha o passageiro
Como, como ele roda
Olha o passageiro
Roda sem parar
Ele olha pela "janela"
E o que ele vê
Ele vê sinais no céu
E ele vê as estrelas que saem
E ele vê a cidade em trapos
E ele vê o caminho do mar
E tudo isso foi feito pra mim e você
Tudo isso foi feito pra mim e você
Simplesmente pertence á mim e você
...

Olá Boa Noite.
Hoje iniciamos a postagem da semana com um trecho da Musica O Passageiro da banda Capital Inicial.
Falaremos aqui no “Carroceiros” de Plantão dos Vidros Automotivos. Muitas vezes viajamos horas de carro pelas estradas, avistamos algumas belas paisagens, outras vezes presenciamos nas cidades alguns fatos não muito bons e sequer nos damos contas daquilo que nos separa do lado externo e nos propicia uma pseudo-segurança, mesmo que irrisória: as Janelas e Pára-brisas.

Por definição, o vidro é uma substância inorgânica, homogênea e sem forma definida, obtida através do aquecimento e resfriamento de uma massa á base de sílica.

Basicamente os vidros utilizados na Industria Automotiva são de dois tipos:
- vidros de segurança temperados (VST), predominantemente utilizados nas janelas laterais, teto e vidros vigias,
- vidros de segurança laminado (VSL), utilizados com maior freqüência para a confecção de Pára-brisas, , tetos solares e janelas traseiras.

A diferença entre um vidro temperado e laminado, como o próprio nome já o diz está no processo de fabricação destes.

Um vidro Temperado durante o seu processo de fabricação é submetido á altas tensões mecânicas e temperaturas que resultam numa alta tensão superficial. Quando estes vidros se quebram, eles se partem em várias partículas, sem cantos vivos. Esse tipo de vidro não aceita ser submetido á processos posteriores como furação, esmerilhamento e etc.
Já o vidro laminado, que é composto por duas placas de vidro com uma camada intermediária de polivinil Butiral se submetido á um impacto ou choque, se quebra formando estilhaços, porém a camada plástica intermediária mantém os estilhaços de vidro unidos.

Para os dois tipos no caso de um acidente, os riscos seriam reduzidos.

No início da construção dos carros, os vidros tinham apenas a função de proteger os ocupantes contra o vento e as intempéries, mas hoje o vidro cumpre diversas funções no carro como por exemplo, proteger o interior do veículo contra a radiação solar direta, evitar o aquecimento no interior do veículo, proporcionar ainda isolamento acústico.
Alguns vidros até dispõem de antenas automotivas embutidas.

Claro que não podemos esquecer que o vidro também tem a sua função estrutural e de segurança para os ocupantes de um veículo.

É cada vez mais comum as grandes montadoras lançarem veículos com o teto totalmente construído em vidro.


Caso você queira se aprofundar mais no assunto Vidros Automotivos, recomendo que pesquise nos sites americanos e europeus sobre o assunto.
Aproveite bem o seu final de semana com sua familia e com quem lhe faz bem.

Um abraço!
O Especialista

Alguma sugestão ou crítica? Mande um Email para O Especialista. Está gostando das postagens? Então divulgue o "Carroceiros" de Plantão para os seus amigos!

1 Comentário:

Nathan (Artigo do Vidro Temperado) disse...

Bacana esse artigo, gostei. Afinal o vidro temperado dá um toque de requinte na maioria das áreas em que é usado, alem da segurança.
Abraços !

Postar um comentário

Divida suas opiniões e duvidas conosco.

 

©2009 CARROCEIROS DE PLANTÃO | Template Blue by TNB